Tratamento

O que fazer quando você começa a gripe

O que fazer quando você começa a gripe – Etapa 1

Ninguém quer pegar a gripe, mas a primeira coisa que todo mundo quer saber quando eles não obtê-lo é quanto tempo ele vai embora. Infelizmente, não há uma resposta simples para isso: varia para todos, mas os sintomas da gripe geralmente duram entre 3 e 10 dias.

Se você ficar gripado, há várias etapas que você deve tomar para começar a se sentir melhor e proteger os que estão ao seu redor e também para pegá-lo.

Ir para casa

Se você desenvolver sintomas de gripe no trabalho, na escola, na casa de um amigo ou em qualquer lugar público, volte para casa. Você não precisa estar perto de outras pessoas quando está doente, porque você só espalhará o vírus. A melhor coisa que você pode fazer é ir para casa e ir para a cama para tentar descansar o máximo possível.

Quando chegar em casa, vá para a etapa 2: contate seu médico.

Passo 2 – Ligue para o seu provedor de serviços de saúde

Quando você desenvolver sintomas de gripe ou achar que está com gripe, entre em contato com seu médico nas primeiras 48 horas.

Entrar em contato com seu médico assim que possível lhe dará a chance de discutir seus sintomas e histórico de saúde com ele, determinar se você precisa ser examinado, e lhe dar uma chance de obter uma receita para um medicamento antiviral, como como Tamiflu, se o seu prestador de cuidados de saúde achar que isso beneficiaria você.

O motivo pelo qual esse contato precisa acontecer tão rapidamente quando você desenvolve sintomas é que o Tamiflu precisa ser iniciado nas primeiras 48 horas do início dos sintomas da gripe para ser eficaz.

A menos que você tenha um desses sinais de uma emergência médica, você não precisa ir à sala de emergência quando estiver gripado.

Passo 3 – Chamada em Doente

Depois de ligar para seu médico, vá em frente e ligue para o trabalho ou para a escola e avise que você não poderá vir nos próximos dias. Tentar trabalhar ou ir à escola quando você está gripado é ineficaz, e você só vai expor outras pessoas ao vírus. Você deve ficar em casa o máximo possível enquanto estiver doente, e definitivamente pelo menos enquanto estiver com febre.

A maioria das escolas tem políticas que exigem que os estudantes permaneçam em casa por pelo menos 24 horas após a febre ter diminuído sem o uso de medicamentos redutores da febre, como Tylenol (acetaminofeno) ou Motrin (ibuprofeno).

Embora possa não ser uma regra para um local de trabalho, é uma boa diretriz a seguir também para adultos: só porque sua febre desaparece por algumas horas, não significa que você é melhor e saudável o suficiente para estar no trabalho. Dê-se tempo para se recuperar e você acabará voltando ao trabalho mais rápido a longo prazo.

Etapa 4 – Avalie seus sintomas

Depois de fazer todas as ligações telefônicas que você precisa fazer e descansar em casa, anote os sintomas que está ocorrendo. Embora certos sintomas sejam comuns à gripe, nem toda pessoa experimenta todos os sintomas.

A avaliação de cada sintoma garante que você não perca nenhum sinal de doença grave e o ajudará a descobrir quais medicamentos tomar ou como aliviar esses sintomas com eficácia.

Temos guias fáceis de seguir para ajudá-lo a resolver os sintomas da gripe e determinar o que você precisa fazer com base no que está incomodando.

Passo 5 – Obtenha os medicamentos que precisa

Existem centenas de medicamentos vendidos sem receita médica que são comercializados para tratar os sintomas da gripe. Saber qual é o certo para você pode ser confuso, para dizer o mínimo.

Combine isso com o fato de que muitos deles mudaram de formulações nos últimos anos, e você pode nem perceber exatamente o que você está tomando mais.

Você deve sempre estar ciente dos sintomas que você tem, e a medicação que você toma deve tratar apenas esses sintomas. Tomar um medicamento multi-sintoma que trata os sintomas que você não tem não é apenas um desperdício, mas pode causar efeitos colaterais desnecessários e às vezes pode ser perigoso.

Você também deve evitar tomar vários medicamentos que contenham ingredientes iguais ou similares, porque isso pode – e freqüentemente o faz – levar a uma overdose.

Um ingrediente comum que você deseja observar especificamente é o Tylenol (acetaminofeno), que é incluído em muitos medicamentos para gripes e resfriados com sintomas múltiplos, e as pessoas muitas vezes tomam mais para reduzir suas febres ou dores, sem perceber que estão tomando mais do que deveriam. Tomando muito acetaminofeno pode ser fatal e levar à insuficiência hepática.

Preste atenção aos ingredientes dos medicamentos que você toma.

Se você não está se sentindo bem e precisa de alguma ajuda para descobrir qual medicamento sem receita vai lhe trazer algum alívio, confira nosso Guia de Medicamentos para Gripes e Resfriados.

Aqui você aprenderá o que diferentes classes de medicamentos fazem, exemplos comuns de medicamentos de marca em cada categoria e como determinar quais você deve ou não tomar.

Se você preferir não tomar medicamentos tradicionais de venda livre para aliviar os sintomas da gripe, ainda há coisas que você pode fazer para se sentir mais confortável enquanto estiver lidando com a gripe.

Descanse o máximo possível, beba muitos líquidos para se manter hidratado e use um umidificador para manter as vias aéreas úmidas e facilitar a respiração.

Passo 6 – Peça ajuda se precisar

Pedir ajuda é difícil para muitas pessoas – queremos mostrar ao mundo que podemos lidar com a vida por conta própria. Mas estar doente com a gripe geralmente significa que você não pode fazer as coisas que precisa fazer, e é muito provável que você precise de ajuda com alguma coisa.

Se você é pai e está gripado, pode precisar de ajuda para cuidar dos seus filhos. Se você tiver trabalho no escritório, talvez seja necessário delegar algumas tarefas a outras pessoas ou pedir ajuda em algumas de suas responsabilidades.

Não tenha medo de pedir ajuda quando precisar; a maioria das pessoas está disposta a ajudar umas às outras, e você sempre pode fazer o mesmo com outra pessoa quando estiver se sentindo bem de novo.

Se amigos ou membros da família perguntarem o que podem fazer para ajudar, você poderá compartilhar essas ideias com eles para que eles se sintam úteis sem dificultar as coisas ou aumentar as chances de adoecerem.

Passo 7 – Observe os sinais de complicações

Infelizmente, sofrer com alguns sintomas miseráveis ​​é algo que você não pode evitar se tiver gripe. Não existe uma pílula mágica que a cure em questão de horas, e os sintomas muitas vezes são debilitantes.

No entanto, existem certos sintomas e circunstâncias que não são normais e justificam uma viagem para consultar o seu médico para uma avaliação mais aprofundada.

Se você estiver em um grupo de alto risco, o que o coloca em risco de contrair doenças mais graves da gripe do que a população em geral, certifique-se de saber o que fazer se o conseguir.

Se você sentir que alguma coisa está pior do que deveria, ou se os sintomas da sua condição médica crônica piorarem, entre em contato com seu médico.

Mesmo se você não estiver em um grupo de alto risco, se você desenvolver sintomas de uma dessas complicações comuns da gripe, como bronquite ou pneumonia, entre em contato com seu médico para determinar o melhor curso de ação para você.

Você também deve ter em mente esses sinais de alerta de uma emergência médica enquanto estiver com gripe, para saber se precisa ou não ir ao hospital com os sintomas da gripe.

Saber o que fazer quando você contrai a gripe pode não facilitar, mas garantirá que você siga os passos necessários para se recuperar da maneira mais rápida possível.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.