Sistema Nervoso

Diferenças entre demência e doença de Alzheimer

A demência é um termo amplo, freqüentemente chamado de termo genérico, que se refere à deterioração do funcionamento do cérebro. Pode incluir processos de pensamento, julgamento, raciocínio, memória, comunicação e comportamento.

Qual é a diferença entre a doença de Alzheimer e demência?

A demência é uma categoria ampla, enquanto a doença de Alzheimer é um tipo específico e a causa mais comum de demência.

Os termos às vezes são usados ​​de forma intercambiável, mas existem vários tipos e causas diferentes de demência. Outros tipos de demência incluem doença de Huntington, degeneração frontotemporal, demência do corpo de Lewy, doença vascular, doença de Creutzfeldt-Jakob e demência de Parkinson.

Sintomas

A demência pode aparecer como perda de memória (geralmente a curto prazo inicialmente), dificuldade em encontrar as palavras certas, julgamento pobre ou uma mudança de comportamentos e emoções.

O funcionamento executivo – como o planejamento ou a execução de várias etapas para concluir uma tarefa – pode se tornar difícil e a orientação para o dia, a data, a hora ou o local pode diminuir.

A demência é tipicamente progressiva, o que significa que o funcionamento diminui com o tempo. No entanto, isso varia significativamente com base em qual condição está causando demência.

Causas

A demência resulta de danos no cérebro e está relacionada a várias condições neurológicas diferentes que afetam a cognição, como a doença de Alzheimer, a doença de Parkinson, o derrame, a doença do corpo de Levy e a demência frontotemporal. Cada uma dessas doenças tem certas causas e fatores de risco, incluindo estilo de vida e genética.

O risco de desenvolver demência aumenta à medida que as pessoas envelhecem, mas não é uma consequência normal do envelhecimento.

Prevalência

Aproximadamente metade das pessoas com mais de 85 anos desenvolvem a doença de Alzheimer, a causa mais comum de demência. Aproximadamente 5,2 milhões de americanos sofrem de Alzheimer ou outro tipo de demência.

Diagnóstico

Se você suspeitar que alguém tem demência, marque uma consulta médica para uma avaliação. Às vezes, condições reversíveis, como hidrocefalia de pressão normal ou deficiência de vitamina B12, podem causar confusão ou perda de memória.

Uma avaliação feita por um médico pode determinar se existe alguma dessas preocupações de saúde reversíveis, bem como delinear um plano de tratamento.

Tratamento

O tratamento da demência varia. Medicamentos que são aprovados especificamente para tratar a doença de Alzheimer são frequentemente prescritos para tratar outros tipos de demência também.

Embora algumas pessoas relatem ter visto pouco benefício, outras relatam que esses medicamentos parecem melhorar temporariamente o funcionamento cognitivo e retardar a progressão da demência.

Outras maneiras de responder às mudanças na cognição e no comportamento incluem abordagens não-medicamentosas, como manter uma rotina diária, mudar a maneira como os cuidadores respondem à pessoa com demência e prestar atenção à comunicação não verbal de sua pessoa amada.

Prevenção

Não existe uma maneira infalível de prevenir a demência, mas pesquisas sugerem que coisas como manter um cérebro ativo, exercícios físicos regulares e consumir uma dieta saudável podem reduzir o risco de desenvolver Alzheimer e outros tipos de demência.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.