Sistema Nervoso

Uma visão geral das diferentes partes de um neurônio

Os neurônios  são os blocos básicos de construção do sistema nervoso. Essas células especializadas são as unidades de processamento de informações do cérebro responsáveis ​​por receber e transmitir informações. Cada parte do neurônio desempenha um papel na comunicação de informações por todo o corpo.

Os neurônios transmitem mensagens por todo o corpo, incluindo informações sensoriais de estímulos externos e sinais do cérebro para diferentes grupos musculares do corpo.

Para entender exatamente como um neurônio funciona, é importante olhar para cada parte individual do neurônio. As estruturas únicas do neurônio permitem que ele receba e transmita sinais para outros neurônios, assim como para outros tipos de células.

O que é um neurônio? Dendritos

Os dendritos são extensões no início de um neurônio que ajudam a aumentar a área da superfície do corpo celular. Essas minúsculas saliências recebem informações de outros neurônios e transmitem estimulação elétrica ao soma. Os dendritos também são cobertos com sinapses.

Características

  • A maioria dos neurônios tem muitos dendritos
  • No entanto, alguns neurônios podem ter apenas um dendrito
  • Muitos são curtos e altamente ramificados
  • Transmite informações para o corpo da célula

A maioria dos neurônios possui essas extensões ramificadas que se estendem para fora do corpo celular. Esses dendritos então recebem sinais químicos de outros neurônios, que são então convertidos em impulsos elétricos que são transmitidos em direção ao corpo celular.

Alguns neurônios têm dendritos muito pequenos e curtos, enquanto outros possuem células muito longas. Os neurônios do sistema nervoso central têm dendritos muito longos e complexos que recebem sinais de até mil outros neurônios.

Se os impulsos elétricos transmitidos para dentro em direção ao corpo celular forem grandes o suficiente, eles gerarão um potencial de ação. Isso resulta no sinal sendo transmitido pelo axônio.

Soma

O soma, ou corpo celular, é onde os sinais dos dendritos são unidos e transmitidos. O soma e o núcleo não desempenham um papel ativo na transmissão do sinal neural. Em vez disso, essas duas estruturas servem para manter a célula e manter o neurônio funcional.

Quais são as partes do neurônio e sua função? Características

  • Contém numerosas organelas envolvidas em uma variedade de funções celulares.
  • Contém um núcleo celular que produz RNA que direciona a síntese de proteínas.
  • Suporta e mantém o funcionamento do neurônio.

Pense no corpo celular como uma pequena fábrica que alimenta o neurônio. O soma produz as proteínas que as outras partes do neurônio, incluindo os dendritos, axônios e sinapses, precisam funcionar adequadamente.

As estruturas de suporte da célula incluem mitocôndrias, que fornecem energia para a célula, e o aparelho de Golgi, que agrupa produtos criados pela célula e os despacha para vários locais dentro e fora da célula. 

Axon Hillock

O axônio está localizado no final do soma e controla o disparo do neurônio. Se a força total do sinal exceder o limite da linhagem do axônio, a estrutura disparará um sinal (conhecido como potencial de ação ) pelo axônio.

O morro do axônio atua como um gerente, somando os sinais inibitórios e excitatórios totais. Se a soma desses sinais exceder um certo limite, o potencial de ação será acionado e um sinal elétrico será então transmitido pelo axônio para longe do corpo da célula. Esse potencial de ação é causado por alterações nos canais iônicos afetados por mudanças na polarização.

Em um estado de repouso normal, o neurônio possui uma polarização interna de aproximadamente -70mV. Quando um sinal é recebido pela célula, ele causa a entrada de íons de sódio na célula e reduz a polarização.

Se o axônio é despolarizado a um certo limiar, um potencial de ação disparará e transmitirá o sinal elétrico pelo axônio até as sinapses. É importante notar que o potencial de ação é um processo tudo-ou-nada e que os sinais não são parcialmente transmitidos. Os neurônios disparam ou não.

Axon

O axônio é a fibra alongada que se estende do corpo da célula até as terminações terminais e transmite o sinal neural. Quanto maior o diâmetro do axônio, mais rápido ele transmite informações.

Alguns axônios são cobertos com uma substância gordurosa chamada mielina que atua como um isolante. Esses axônios mielinizados transmitem informações muito mais rapidamente que outros neurônios.

Quais são as partes do neurônio e sua função? Características

  • A maioria dos neurônios tem apenas um axônio
  • Transmitir informações longe do corpo da célula
  • Pode ou não ter uma cobertura de mielina

Os axônios podem variar drasticamente em tamanho. Alguns são tão curtos quanto 0,1 milímetros, enquanto outros podem ter mais de 3 metros de comprimento.

A mielina envolve os neurônios protege o axônio e auxilia na velocidade de transmissão. A bainha de mielina é quebrada por pontos conhecidos como nós de Ranvier ou lacunas da bainha de mielina. Os impulsos elétricos são capazes de pular de um nó para o próximo, o que desempenha um papel na aceleração da transmissão do sinal.

Os axônios se conectam com outras células do corpo, incluindo outros neurônios, células musculares e órgãos. Essas conexões ocorrem em junções conhecidas como sinapses. As sinapses permitem que mensagens elétricas e químicas sejam transmitidas do neurônio para as outras células do corpo.

Botões terminais e sinapses

Os botões do terminal estão localizados no final do neurônio e são responsáveis ​​por enviar o sinal para outros neurônios. No final do botão do terminal, há uma lacuna conhecida como sinapse. Os neurotransmissores são usados ​​para transportar o sinal através da sinapse para outros neurônios.

Os botões terminais contêm vesículas que contêm os neurotransmissores. Quando um sinal elétrico atinge os botões do terminal, os neurotransmissores são liberados no espaço sináptico.

Os botões do terminal convertem essencialmente os impulsos elétricos em sinais químicos. Os neurotransmissores do que atravessam a sinapse, onde são recebidos por outras células nervosas.

Os botões de terminal também são responsáveis ​​pela recaptação de neurotransmissores excessivos liberados durante esse processo.

Uma palavra de Dsau

Neurônios servem como blocos básicos de construção do sistema nervoso e são responsáveis ​​pela comunicação de mensagens por todo o corpo.

Saber mais sobre as diferentes partes do neurônio pode ajudá-lo a entender melhor como essas importantes estruturas funcionam, e também como diferentes problemas, como doenças que afetam a mielinização do axônio, podem afetar a forma como as mensagens são comunicadas por todo o corpo.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.