Diagnóstico

Como Micose é diagnosticada

A maneira mais comum de diagnosticar a micose é através de uma simples inspeção visual da erupção cutânea. A micose geralmente forma uma erupção cutânea em forma de anel muito distinta que é fácil de identificar uma vez que você a vê (embora a erupção pareça diferente dependendo de onde é encontrada no corpo). Se necessário, testes podem ser realizados para confirmar a presença de fungos (dermatófitos) que causam micose.

Auto-verificações / testes em casa

Se você tem uma erupção cutânea pruriginosa, elevada e em forma de anel, que cresce lentamente para fora à medida que se espalha, suspeite de micose.

Além disso, procure pistas. A micose pode ser transmitida de animais infectados (gatos, cães ou gado) para as pessoas. Gatos são especialmente suscetíveis.

Perda de cabelo irregular ou áreas de pele com crostas são sinais de que seu animal tem micose. Se você tiver contato com esses animais, pode ter contraído a micose, mesmo que não note os sintomas.

Muitas vezes, porém, você não sabe onde poderia ter apanhado a micose.

Sempre que você tem uma erupção cutânea não identificada, é uma boa idéia que um médico dê uma olhada nela. Outras erupções cutâneas podem parecer micose, e às vezes pode ser difícil dizer a diferença. Tratar micose ou qualquer erupção cutânea incorretamente pode piorar a erupção cutânea.

Laboratórios e testes

O seu médico geralmente pode diagnosticar a micose com uma simples inspeção visual da pele.

Quando a micose aparece no corpo, nas pernas e nos braços, ela cria a clássica erupção cutânea vermelha em forma de anel, que torna o diagnóstico bastante simples.

No entanto, se a micose aparecer em outras áreas do corpo, o diagnóstico pode se tornar complicado – algumas vezes, a micose pode aparecer como manchas esburacadas, escamosas e escamosas que se assemelham a outros problemas de pele.

Teste de KOH

Se houver alguma incerteza, seu médico fará um teste de KOH. Este teste simples, às vezes chamado de raspagem da pele, pode ser realizado no consultório do seu médico.

O seu médico usará um bisturi ou a borda de uma lâmina de vidro para raspar um pouco da pele infectada. Os raspados serão coletados em uma lâmina de microscópio ou em um tubo de ensaio.

O seu médico precisa apenas de células da pele para o teste; você não será cortado. A raspagem em si pode ser levemente desconfortável, mas não é dolorosa.

Se suspeita que a micose esteja infectando sua área do couro cabeludo ou da barba, seu médico também poderá levar algum cabelo para examinar. Para as unhas afetadas, o médico também fará um pequeno recorte da unha e uma raspagem por baixo da unha.

As amostras são preparadas com solução de hidróxido de potássio (KOH) e visualizadas ao microscópio para procurar os fungos que causam infecções por micose. Se forem encontrados dermatófitos, seu médico saberá conclusivamente que a micose é a culpada. Se nenhum fungo for encontrado, algo diferente de micose está causando sua erupção cutânea.

Cultura Fúngica

Se os resultados do teste de KOH forem inconclusivos, o que significa que eles não dão uma resposta de uma maneira ou de outra, seu médico pode fazer uma cultura de fungos.

A raspagem da pele é feita como antes, mas desta vez será enviada para um laboratório onde será incubada. Quaisquer fungos presentes na amostra crescerão.

A desvantagem é que pode levar várias semanas para obter resultados desse teste. A vantagem é que, com os resultados, você pode conhecer a variedade específica de fungos que está causando sua erupção cutânea.

Algumas infecções podem ser tenazes e difíceis de tratar. Se o tratamento não estiver funcionando, seu médico também poderá fazer uma cultura para descobrir a variedade de fungos que está causando a micose. Saber isso pode ajudar seu médico a encontrar o medicamento mais eficaz para você.

Diagnósticos diferenciais

A micose pode ser confundida com outros problemas de pele, especialmente quando se desenvolve em outras áreas que não os braços, pernas e tronco.

Micose no corpo pode se parecer com:

  • Eczema, especialmente eczema numular (um tipo de dermatite que causa manchas redondas, elevadas e vermelhas)
  • pitiríase rósea
  • Psoríase
  • Doença de Lyme (esta doença é muito menos comum que a micose)

A micose da área do couro cabeludo ou da barba pode se parecer com:

  • Foliculite (especialmente na área da barba)
  • Alopecia areata
  • Dermatite seborréica

Obter o diagnóstico correto é um passo importante para o tratamento do seu problema de pele. Portanto, não espere para ligar para o seu médico.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.